08/08/16

Kuromukuro: Seu próximo anime Mecha FAVORITO!


Kuromukuro é mais um anime do catálogo original Netflix, como o anime Ajin (atualizar com link do post ajin) comentado aqui no blog anteriormente. É um anime do ano, lançado em 7 de abril/2016, com seus eventos internos ocorrendo no presente. Não posso deixar de dizer que mesmo parecendo usar técnicas de animação comuns em animes, o projeto gráfico do mesmo e impecável e foi uma das coisas que me chamou atenção logo no início. Além disso, a animação de veículos e máquinas é ainda mais ousada, apresentando elementos parecidos com o da animação de Ajin.

Sinopse

Kennosuke, um auto declarado samurai que aparenta estar em sono profundo por 60 dentro de um cubo robô, acaba sendo acordado acidentalmente por Yukino em pleno 2016, durante um ataque de mechas alienígenas à base japonesa da ONU. Seu caminho acaba se cruzando com o de Yukino, uma colegial, filha da Diretora, que estava a passeio no prédio. Ela acaba sendo confundida com uma princesa antiga pelo samurai, que acorda confuso com toda a situação. A partir daí a dupla acaba sendo obrigada a ficar junta e a busca pelas respostas começa, tentando descobrir a história do samurai, e o que há por trás do aparecimento súbito dos Mechas e porque tudo isso está ligado com o misterioso pai de Yuikino.

Então...

O anime teve 13 episódios lançados na plataforma e eu achei demais! Impossível não compartilhar com vocês. Eu inicialmente estava desanimado esperando mais uma cópia de Evangelion ou Pacific Rim, mas fui surpreendido com a proposta trazida por ele só longo dos episódios. Segue o trailer pra vocês ♥


Então, gostou do post? Não se esqueça de compartilhar e deixar sua opinião ai nos comentários! Qual seu anime Mecha favorito?

05/08/16

Palavras para você


Não é a primeira vez que eu escrevo á você, mas com certeza será a última.

Inicialmente eu gostaria de agradecer por ter entrado na minha vida. Eu nunca havia passado por nada semelhante ao que passei nos últimos três meses. Posso dizer que eu fui do céu ao inferno por várias vezes e mesmo que tudo isso tenha sido incômodo, eu me diverti bastante.

Algum tempo atrás, uma pessoa muito especial para mim desejou que eu nunca passasse pela situação que eu a fiz passar. Mas como a vida é justa e direta, o que essa tal pessoa passou em 4 anos, eu passei em rápidos 3 meses. E no fim de tudo, eu não vou reclamar, bem feito pra mim. 

Queria dizer que eu me apaixonei verdadeiramente por você, mesmo eu repetindo todos os dias que eu não deveria, isso aconteceu. Adorava o modo sincero da sua risada, e me apaixonava cada vez mais por cada abraço que era recebido. Confesso que eu posso ter sido bastante ciumenta, mas entenda: eu não queria perder você. Foram tantas promessas e palavras - que no fim acabaram sendo em vão - que eu simplesmente acreditei que estava vivendo meu conto de fadas. Estava cega, e não via que estava vivendo apenas um pesadelo. 

Apenas quem se apaixonada de verdade pode dizer o quão doloroso pequenas atitudes podem ser. Não, não é porque eu sou muito vulnerável ou porque meu signo é de câncer que eu me sentia assim, e sim porque eu realmente gostava de você. E quando eu digo isso acredite, só pode ser verdade. Mas você deveria saber, já que eu disse uma vez que odeio palavras jogadas ao vento. 

O que eu quero dizer é que, eu estava aceitando tudo e não via que isso estava me prejudicando. Perdi a conta de quantas horas do meu dia eu gastei criando suposições aceitáveis, e quantas noites eu passei chorando por sua causa. Boba como eu era, bastava uma mensagem e eu passava uma borracha por cima. Aguentando mentiras e me entregando cada vez ao que eu poderia chamar de mágoa. Foi quando eu me dei conta do que estava acontecendo, você  não se importava então por que eu deveria me importar? 

Ah meu caro, eu devo lhe dizer que nunca estive melhor do que eu estou hoje. Pingaram colírio nos meus olhos e eu pude ver tudo com clareza, e a única certeza que eu tive era que, ao contrário do que eu imaginava, quem não serve para alguém aqui, é você. E eu não quero ouvir lamúrias de um garotinho mimado que você é, porque você teve a oportunidade de ter tudo e simplesmente a jogou fora por puro orgulho e aprovação alheia. Um amigo me mostrou uma coisa que faz bastante sentido. O amor não é aquele que te completa, e sim aquele que te faz transbordar, e cá entre nós você não foi capaz de fazer nem um e nem outro. Melhore. 

E para o fim dessas singelas e verdadeiras palavras, eu desejo que você se ame mais, e encontre alguém que lhe transborde de amor, assim como eu encontrei. 

Aquele abraço, e até logo ♥

25/07/16

Ajin, humanos ou não?

Recentemente, por indicação de um amigo da faculdade, assisti a primeira temporada do anime Ajin e li alguns capítulos do Mangá. Confesso que realmente adorei o conteúdo abordado pelas publicações e decidi compartilhar aqui com vocês.
Ajins são seres extraordinários, porém temidos pela humanidade por causa de sua imortalidade e, em casos especiais, algumas peculiaridades que os deixam muito mais apelões e poderosos. A história acompanha Kei Nagai, que descobre ser um Ajin imortal quando é atingido por um caminhão, ao voltar da escola.
Meu personagem favorito foi Ko Nakano, que não apareceu muito durante o anime mas compensou tudo nos últimos episódios!

O anime é realmente ótimo, com animação impecável, e um roteiro que me chamou bastante atenção e apresenta os personagens de maneira bastante dramática. Ele conta também com três filmes e um ova que ainda não vi, mas que prometem ser igualmente incríveis, todos adaptações do mangá escrito por Gamon Sakurai. Segue abaixo o trailer, lembrando que os 13 episódios da primeira temporada estão disponíveis na Netflix.



E vocês, já assistiram? O que acharam do anime? Deixa ai nos comentários, sua participação é muito importante pessoal!

17/07/16

Fora de Época: O Presente do meu Grande Amor


Não é todo dia que uma obra de arte como O Presente do meu Grande Amor se joga na sua frente gritando "me compra" no meio de uma loja lotada. Bem, aconteceu comigo. O livro olhou pra mim com aquela carinha sabe?


Eu venho enrolando com esse post desde o Natal passado, mas teve um conto do livro que realmente me motivou a terminar de escrever e recomendar aqui pra vocês! Esse livro reúne doze contos de natal escrito por autores da atualidade, com a maioria do seu público consagrado entre os amantes da literatura infanto-juvenil. Ele foi organizado por Stephanie Perkins e publicado em 2014 pela Intrínseca.
O livro todo fica naquele climinha de fim de ano, amável e aconchegante, cheio de presentes, luzes e comidas deliciosas, e é ainda uma ótima oportunidade de, através dos contos, se conhecer a escrita de cada um desses maravilhosos autores. Uma boa pedida pra quem esta afim de experimentar novos horizontes não é mesmo??
É um livro bem fofo, com vários finais felizes e histórias leves que se aprofundam aqui ou ali em algum assunto mais complexo, mas nunca perdendo sua essência de romance e até mesmo fantasia! O livro conta com os seguintes autores e contos:

“Meias-noites”, de Rainbow Rowell
“A dama e a raposa”, de Kelly Link
“Anjos na neve”, de Matt de la Peña
“Encontre-me na estrela do Norte”, de Jenny Han
“É um milagre de Yule, Charlie Brown”, de Stephanie Perkins
“Papai Noel por um dia”, de David Levithan (Will&Will)
“Krampuslauf”, de Holly Black
“O que diabo você fez, Sophie Roth?”, de Gayle Forman
“Baldes de cerveja e menino Jesus”, de Myra McEntire
“Bem-vindo a Christmas, Califórnia”, de Kiersten White
“Estrela de Belém”, de Ally Carter
“A garota que despertou o sonhador”, de Laini Taylor

Quero deixar aqui minha indicação, e um grande abraço a todos! Você conhece algum outro trabalho dos autores que participam da compilação?? Conta aí pra gente! Beijão o/
Próxima Página Home
© Sekai Bakawaii 2012 - 2016 © Todos os direitos reservados.
Criado por Giulliana Cristina - Tecnologia do Blogger.