Uma carta de amor para: mim ♥

|| || 4 comentários ♡
Foto: Meninices da Vida

Olá eu mesma, essa carta vai ser escrita assim, com erros do jeito que a vida é! 

Primeiramente, Giu, você é destruidora demais hein amiga. Eu estou sinceramente muito orgulhosa por suas ultimas conquistas, mesmo que pequenas você sabe muito bem que são super significantes na sua vida. Você sabe muito bem que os últimos meses tem sido muito complicados e que seu caminho tem passado por VÁRIOS baixos, e alguns altos E nem por isso você deixou se abater. 

Bom, quer dizer,  nem sempre. É claro que as vezes dá aquela crise existencial básica, mas me diz: Qual adolescente que nunca passou por isso? E ainda mais agora que você já está chegando aos seus 19 anos. MENINA, são 19 anos vividos (quem lê assim pensa né não?) de muito aprendizado, de muitos micos e o principal de tudo, de muitos sorrisos e é isso que importa. 

Veja bem, eu queria reforçar algumas coisas que uma pessoa muito queria disse pra você a um tempo atrás: Você é uma garota incrível, é bonita de todas as formas e com todos os pesos possíveis, você é inteligente e é muito interessante também! Sabia que não são todas as meninas que conversam sobre assuntos completamente controversos em uma mesma conversa? Sabia também que você tem um sorriso maravilhoso? Portanto você deveria sorrir mais. 

Olha bem, você também é uma filha e uma sobrinha incrível, e tem humildade no seu coração. O não desejar tanto, não calmar tanto pelas coisas, é sim uma qualidade que você deve gostar em si. E te digo mais, você é MUITO hidratada, toma aí quase 4L de água por dia. Que menina maravilhosa é essa? Te quero pra mim! 

E outra, por mais que você tenha feito várias merd@s com sua própria pessoa nos últimos tempos, saiba bem que eu (oi? quem sou eu? eu sou você? oi?) te perdoou por tudo isso, e sei bem os motivos pelos quais você tem feito, então não vou te julgar, porque não é algo que esteja totalmente no seu controle...MAS eu to de olho hein Giulliana Cristina. Lembre-se que quando você estiver tomando banho, eu vou estar lá! UHAUHA ♥

Outra coisa que eu queria dizer é: NÃO DESISTA DOS SEUS SONHOS! Sério, isso é uma coisa que eu preciso pregar na sua (na nossa) testa pra lembrar todos os dias. Cara, de verdade... Você tem só 18 anos, e você tem um mundo inteiro para explorar, faça quantas faculdades você quiser, conheça lugares e pessoas diferentes. Use hoje, aquela roupa que você prometeu usar só em uma ocasião específica. Brinque com seu cachorro, gaste 5 reais em uma coxinha, tire uma foto feia. Pinta seu cabelo, fura a orelha. Faz concurso, bebe água, seja saudável, sorria, estude músicas com banjo e violino.... AMOR, tem tanta coisa pra você fazer ainda, então não deixa ninguém virar pra ti e dizer que você não pode, porque você pode tudo (desde que você não infinja leis, sua louca haha). 

Enfim, é isso!! Olha só, divirta-se e aproveite a sua vida. Para de reclamar, e vai comer um bombom, dar uma corrida ou ir dormir. A vida passa tão rápido e KIRIDA, você PRECISA aproveitar, então bola pra frente AMOOOR!!! EU TE AMO ♥ VOCÊ SE AMA ♥ SEJA AINDA MAIS FELIZ ♥ BEIJOS ♥ 

O que eu vejo quando me olho no espelho

|| || 3 comentários ♡

Minhas mãos começam a percorrer minhas coxas, eu vejo o reflexo no espelho e fico contente. Depois de longos anos, elas finalmente parecem diferentes, mais finas e definidas. Eu subo um pouco mais as mãos e meus olhos acompanham tudo através do espelho. Chego na minha barriga, e aparentemente o pequeno sorriso que eu tinha, começa a se desmanchar. Penso que não parece quanto esforço eu faça, ela continua lá, intacta e enorme. 

Tento afastar esses pensamentos ruins, afinal mudanças duradouras demoram, e não tem porque ter pressa. Subo um pouco mais as mãos, e chego aos meus seios. "Eles diminuíram não?!" É uma pergunta retórica, é claro que eles estão menores, mas ainda estão lá me deixando cada vez mais insatisfeita. 

Meus olhos rolam para meus braços que hoje estão bem mais finos do que antes, e descem então para minhas mãos que tem os ossos levemente definidos. Uma pulseira antiga está larga. 

Eu estou feliz, mas não é o suficiente. 

Agora eu observo minha clavícula finalmente marcada. Ela está tão linda, e eu quero pular de alegria, porque em tanto tempo essa é a primeira vez que aparentemente me sinto bem comigo mesma.... Mas então, meu olhar se encontra com o reflexo do meu olho, e eu realmente quero chorar. Eu não estou feliz, não estou sorrindo, estou desgastada e visivelmente péssima. 

Aquelas vozes não se calam nem por um minuto.

Gorda.
Ridícula.
Baleia. 
Enorme. 
Se cair sai rolando.
Nunca vai arrumar um namorado. 
Acha que é bonito ser desse tamanho? 
Enquanto todo mundo está se cuidando, você só sabe em comer. 
A gente nem pode chamar muita gente, porque você come por cinco pessoas. 

Eu ouço isso repetidas vezes na minha cabeça, aquilo me machuca. Parece que todo o esforço foi em vão, nunca serei o suficiente. Não vou dizer que amava do jeito que era, mas eu me aceitava. 

Gorda. Gorda. Gorda. 
Gorda. Gorda. Gorda. 

Será que vocês podem parar de dizer isso? Isso me machuca. Eu não fiquei assim por escolha minha, ao menos sabia o que estava jogando pra dentro do meu corpo. Eu tinha apenas doze anos, como eu iria saber o que deveria ou não comer? Ao invés de me julgarem, porque vocês não me ajudam. 

Eu acho engraçado a forma como os mesmos que gritam ao meu ouvido que eu continuo gorda, são os mesmo que me entopem de comida e dizem que "Já está bom", "Chega", "Está magra demais". Não, eu sei que não estou, porque a todo momento eu vejo olhares me julgando e dizendo o quão enorme eu estou. 

Você me colocaram nesse buraco, e eu só vou sair dele quando eu estiver linda. Linda aos meus olhos. Eu posso sair disso bem magra, ou bem gorda. Talvez eu esteja no meio termo, ou até com músculos definidos... Mas enquanto eu me moldo, eu vou matar cada um de vocês que me fizeram sofrer e chorar nesse longo caminho. 

Eu vou me olhar no espelho e dizer que o que eu vejo, é o que eu amo

Lockscreens finíssimas pro seu celular ♥

|| || 12 comentários ♡

YAS! GENTE EU TO MUITO FELIZ ♥

Mamãe me deu um celular novo de aniversário (? suponho eu), e eu estou vomitando arco-íris loucamente. Sério, fazia alguns anos já que eu estava com meu celular antigo, e ele já estava só a capa do Batman. Então eu ganhei um novo, e MEU DEUS, já disse como eu to feliz?! 

AND, como as configurações dele são um pouco diferentes do meu anterior, é claro que eu virei aloka dos aplicativos e da personalização, porque agora pode ♥♥ E pensando nisso eu resolvi trazer pra vocês algumas lockscreens super fofas que eu fiquei apaixonada! Espero que vocês gostem u3u 



Ps: Esse é mais um daqueles posts basiquíssimos, é isso HAHA!
BEIJO E UM QUEIJO ♥♥♥

Não vamos nos apaixonar

|| || 4 comentários ♡
► Let's Not Fall in Love - Big Bang

Não vamos nos apaixonar, ainda não nos conhecemos muito bem
Na verdade, estou um pouco assustado, me desculpe
Não vamos fazer promessas, você nunca sabe o que te espera amanhã
Mas estou sendo sincero, quando digo que gosto de você

Cada minuto se torna tão precioso. Não esperava que fosse ficar assim. Sabe, eu não quero me apaixonar mas isso se torna cada vez mais impossível. Simplesmente vamos agradecer em silêncio por estarmos vivendo aquilo, e por favor acredite quando eu digo que eu me importo... Que gosto de você.

Não me pergunte nada
Eu não posso lhe dar uma resposta

Estamos tão felizes do jeito que estamos agora

Não posso colocar o que estou sentindo em palavras. É tudo tão complexo e distante de tudo que já conheci e vivi até hoje, então por favor tenha paciência comigo. Apenas entenda que se eu sorrir ao seu lado, nada mais pode importar.

Despedidas, após nossos frequentes encontros
Repetição de corações partidos

Não consigo encontrar um propósito nesses sentimentos tolos

Um erro, com a máscara do amor

Todos os sentimentos são a mesma coisa agora

Mas, neste momento, eu quero que você fique

Quantas vezes já vivenciou isso? Uma, duas vezes? Me desculpe eu nunca me senti assim perto de uma outra pessoa. Me desculpe se não consigo entender o que você passou e se no momento você não acredita em nada do tipo, mas se você disser para eu ficar, eu irei ficar ao seu lado. 

Não sorria para mim
Se eu me apegar a você, ficarei triste
Tenho medo de que um belo sorriso se transforme em lágrimas

Só não dê esse maldito sorriso para mim. Não quero que o mesmo motivo que me faz sorrir e ir dormir feliz, se transforme no mesmo motivo pelo qual eu possa chorar. Não vamos nos apaixonar, ou pelo menos não deixe que eu me apaixone por você. Eu posso realmente ficar triste. 

Não tente nos prender
Na palavra, amor

Porque é um desejo que não pode ser saciado

São apenas rótulos, o "amar" pode ser muito relativo, pode ser muito passageiro. Vamos aproveitar o tempo que passamos juntos. Vamos dar as mãos, e rir sobre qualquer coisa boba que conversarmos, afinal de contas, garoto, te ver bem me faz bem.

À princípio, tudo se divide em excitamento e preocupações
Mas no final, se torna uma obrigação, tentativa e erro

Dia após dia, eu fico nervoso, sua inocência é muita pressão sobre mim

Mas hoje à noite, eu quero que você fique

Você é idiota? Não vamos nos prender a nada disso. A rotina é algo horrível e faz com que tudo que amamos ver, acabe se perdendo por simples costumes. Deixe de tanta preocupação e apenas seja você mesmo, eu não vou me importar de passar a noite toda jogando conversa fora ao seu lado.

Não espere muito de mim
Eu também não quero te perder

Antes que as coisas se aprofundem tanto, antes que você se machuque

Não confie em mim

Mas eu também sou uma idiota, então não ligue muito para minhas idiotisses. Não quero te prender, não quero te perder, não quero te sufocar. Eu quero que você tenha seu espaço, e ao mesmo tempo não quero que esse espaço se torne um abismo. Não quero te perder, mas apenas não confie tanto em mim, eu não quero te decepcionar. 

Não vamos nos apaixonar, ainda não nos conhecemos muito bem
Na verdade, estou um pouco assustado, me desculpe

Não vamos fazer promessas, você nunca sabe o que te espera amanhã

Mas estou sendo sincero, quando digo que gosto de você